sexta-feira, 20 de junho de 2014

No dia 27 de junho, estreia no Teatro Café Pequeno o espetáculo “AnteSsala”, um projeto da Dupla Companhia formada pela atrizes Carmen Frenzel e Lucília de Assis, oriundas do grupo ‘O Grelo Falante’. Com texto de Lucília e direção da Guida Viana, o espetáculo conta a história de duas mulheres que se conhecem na antessala de um consultório de psicanálise. Ceila, dubladora (Lucília e Assis), e Glória, roteirista (Carmen Frenzel), aguardam a terapeuta que está atrasada. A primeira está em crise porque o marido, com quem estava casada há 25 anos, acaba de sair de casa levando o filho, o cachorro e a empregada com ele. A segunda vive em crise porque troca de faculdade, emprego e marido permanentemente.

É durante essa espera que as duas passam a dialogar e a estabelecerem uma autoanálise mútua e descobrem várias afinidades em suas trocas de confidências. Ceila e Glória percebem que possuem muitos pontos em comum, entre eles uma triste e desagradável coincidência que exigirá delas uma grande mudança em suas vidas.

ANTESALA é um drama cômico que se utiliza do humor sutil para nos levar a refletir sobre o quanto de nonsense está inserido no nosso comportamento cotidiano.

Carmen Frenzel e Lucília de Assis criaram, em 2008, a DUPLA COMPANHIA. Juntas fizeram a peça ‘MAU HUMOR’ que fez cinco temporadas na cidade do Rio de Janeiro, Circuito SESC/ RJ; Festival de Florianópolis; Janeiro Brasileiro de Comédia, na cidade de São José do Rio Preto/SP; Inverno Cultural da UFSJ, em São João del Rei/MG; Festival Tecendo Riso em Concórdia/SC. Participou do ‘Viagem Teatral’, pelo SESI/SP, e do Circuito Cultural SESI/SP. Em 2014, se apresentarão em 18 cidades do Estado de São Paulo pelo circuito Arte-Educação SESI/SP.

Frases das personagens:

- A vida é pra profissional.
- Tô me sentindo um lixo caído pra fora da lixeira. Um biscoito mordido mole mofado rejeitado dentro do pacote, uma xícara sem asa que ninguém quer pegar.
- Os medicamentos são democráticos. Os tranquilizantes e excitantes deixam todo mundo se sentindo igual por dentro e o Botox deixa todo mundo igual por fora.
- Deus me livre e me liberte! A vida não é eterna, por que casamento tem que ser?
- A dor do parto, você lembra? Claro que não! Se a gente lembrar, não faz outro filho.
- O que as mães também esquecem, é que as dores de ter um filho não são nada perto das dores que o filho ainda vai dar.
- O maluco beleza sabe que se a gente não aprofundar no não entendimento do mundo, a gente vira maluco tristeza.
- “Só as pequenas loucuras nos podem salvar da grande loucura.” Mia Couto.
- Ser autodidata não é pra qualquer um. Mas qualquer um diz que é autodidata. Tem autodidata de tudo. Psicólogo, Filósofo, astrólogo... Ator

Sofrimento você não precisa buscar ele vem ao nosso encontro mesmo sem a gente marcar com ele. Meu marido mandou o sofrimento da separação pra se encontrar comigo. E olha que eu faltei ao encontro o quanto pude.

- Acho que fazendo análise a gente sofre com mais dignidade. A gente aprende a colocar a mão na nossa inconsciência

- O negócio é pensar sobre o sofrimento e não sofrer com o pensamento.

- Quem coloca graça na falta de graça que grassa no mundo somos nós!

- Mãe e mulher traída têm que andar distraída

- Eu só posso frequentar lugares onde só é permitida a entrada de pessoas estranhas

- Fidelidade é um desrespeito à liberdade.

FICHA TÉCNICA

Texto: Lucília de Assis

Direção: Guida Vianna e Rui Cortez

Elenco: Carmen Frenzel e Lucília de Assis

Direção de Arte: Rui Cortez

Músicas: Alexandre Dacosta

Direção de Movimento: Giselda Fernandes

Iluminação: Tadeu Freire

Programação Visual: Marcos Ácher

Produção e Realização: Dupla Companhia

SERVIÇO

Temporada: 27 de junho a 20 de julho

Não haverá apresentação em dias de jogo do Brasil

Local: Teatro Café Pequeno (Rua Ataulfo de Paiva, 269 - Leblon)

Informações: (21) 2294-4480

Horário: Sexta a domingo, às 20h30

Ingressos: R$ 30,00

Gênero: Comédia

Duração: 60 minutos
Classificação: 18 anos

Capacidade: 80 lugares

Bilheteria: quarta a domingo, das 16h até o inicio do espetáculo

Sinopse: Duas mulheres se encontram na antessala de um consultório de psicanálise. Enquanto aguardam a terapeuta que está atrasada elas estabelecem uma conversa que se transforma em autoanálise.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário

Lançamento

Lançamento
Escrito por Teresa Montero, biógrafa de Clarice Lispector, com orelha por Sergio Fonta e depoimentos de inúmeros artistas, como Malu Mader e Tony Ramos, Wal Schneider e sua equipe lançam o livro que marca os 10 anos de No Palco da Vida.

Lançamento

Lançamento
A obra trata-se de uma antologia poética que reúne 91 poetas de diversos países que falam o idioma português, como Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e Portugal, além do Brasil. O livro conta ainda com a quarta capa de Pepetela, o maior escritor de África.

Lançamento

As mais lidas

Super Click

Super Click
crédito: Lia Amorelli

Google+ Nossos Seguidores

Twitter